de para a Gui#4

Existem três formas de um gato se alimentar, pensou o Hermenegildo.

3!

Primeira forma: um gato pode esconder-se durante horas assim debaixo de uma mesa, ou debaixo de uma cadeira, ou mesmo dentro de um armário caso alguém se esqueça de o fechar. Espera, espera, e quando aparece um daqueles ratos tontos que pensa que por ser pequeno ninguém o vê, salta e come-o.

Possível problema, o rato é rápido e foge. O gato então tem que o perseguir e isso é uma coisa muito cansativa.

Segunda forma: um gato esconde-se atrás de uma cortina ou atrás de uma bota alta de borracha que não esteja muito suja e espera que um outro gato que esteja há horas escondido debaixo de uma mesa, ou debaixo de uma cadeira, ou mesmo dentro de um armário que alguém se tenha esquecido de fechar, salte e apanhe um daqueles ratos tontos que pensa que por ser pequeno ninguém o vê. Quando o outro gato estiver quase quase a comê-lo, assim mesmo com a boca aberta aberta e os olhos um bocadinho fechados por a boca estar tão aberta , então nesse momento o gato salta e rouba-lhe o rato.

Possível problema, o outro gato é rápido e foge. O gato tem que o perseguir e isso é uma coisa muito cansativa.

Terceira forma: um gato faz um ar amoroso e roça-se nas pernas da sua dona, ela pega-lhe ao colo e ele começa a fazer rom-rom. A dona, absolutamente encantada corre a abrir uma latinha especial de patê de sardinha.

Possível problema: a dona constata que o gato lhe encheu de pêlos o vestido comprido dourado com borboletas pretas em veludo e coroa a condizer. Fica furiosa porque estava mesmo mesmo para sair e torna-se um bocadinho agressiva. O gato tem que fugir e isso é uma coisa muito cansativa.

Mas existe uma quarta forma que só o Hermenegildo conhece: um gato senta-se em cima do frigorifico onde estão sentados alguns bonecos um pouco estranhos, e fica muito quieto. Mas mesmo muito muito quieto. Tão quieto que ninguém percebe que ele respira, que ele mexe os olhos, que ele abana as orelhas ou sacode os bigodes. Quieto como se fosse apenas mais um boneco! E espera porque sabe que alguém terá fome. Alguém muito distraído virá cozinhar. Alguém irá virar as costas por um momento, ou esquecer-se de qualquer coisa no quarto e ir lá a correr buscá-la. E nessa altura um gato esperto salta de cima do frigorifico, lança-se sobre o prato, escolhe o mais saboroso dos pedacinhos de carne e foge silenciosamente para o jardim…

E agora que expliquei as 3 formas possíveis de um gato se alimentar e a forma mais simples de um gato o conseguir fazer, vou voltar para a cozinha porque o meu lanchinho está a arrefecer.

– Oh! Onde está o meu crepe? Hermenegiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiildo!

2 thoughts on “de para a Gui#4

  1. Ahhhhhh…andas a escrever umas histórias tão lindas!
    E para mim também há?
    Sim, sim, acho que deverias ponderar isso.😀
    Beijinhooooooooooooooooooosssssssssss

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s